Olá, concurseiro!

Esta semana vamos analisar outra proposta de redação de concurso público. Selecionamos outra proposta da Fundação Carlos Chagas, para a prova de Analista Judiciário. Antes de iniciar a discussão, confira a proposta a seguir:

 

proposchagas 

Esta proposta está baseada em dois fragmentos de textos. Um é de Fernando Gabeira e foi publicado na Folha de S. Paulo em fevereiro de 2007. Sobre o outro fragmento, só sabemos que ele foi escrito por Valdomiro Tosti e que é inédito, ou seja, não havia sido publicado até o momento de formulatalvez a mais gravevidade do problema, o segundo trata do aquecimento global como uma catutro fragmento, s vida dos brasileiros.ção da proposta.

Os dois fragmentos estão ligados pela mesma temática, o aquecimento global e a discussão sobre os seus reais impactos para a humanidade. Gabeira fala da falta de acordo entre ‘alguns’ que consideram o aquecimento como uma ameaça iminente e grupos de cientistas que veem a erradicação da AIDS e da fome como problemas mais urgentes. Já o segundo autor propõe repensarmos o próprio conceito de civilização face a esta ‘catástrofe’ gerada pela humanidade.

Depois de uma breve análise sobre o tema central, vamos pensar sobre algumas maneiras de desenvolver a redação. Está claro na proposta que você deve apresentar o seu ponto-de-vista. Você pode tanto concordar com o fato de que o aquecimento global seja uma questão de grande urgência no cenário mundial, quanto pode elencar outros problemas graves que merecem atenção imediata. No entanto, seria interessante relacionar os problemas que assombram a nossa sociedade atual e considerar, por exemplo, que o aquecimento global já pode ser um fator de grande importância para a fome no mundo e, portanto, essas duas questões devem ser tratadas simultaneamente.

Como já disse em outras postagens, é importante apresentar argumentos consistentes e coerentes, sempre justificando a sua opinião. Aproveite os fragmentos da proposta como base para o desenvolvimento da sua redação. E não deixe de aproveitar mais essa oportunidade para escrever o seu próprio texto! Bom trabalho.

 

Professora Flávia