Olá, concurseiro

Esta semana, discutiremos um tema de redação com o objetivo de apontar questões importantes diante de uma prova de concurso. Faremos, então, uma breve análise da proposta de redação do concurso do TRT, de 2014, para provimento de cargos de Analista Judiciário.

Clique aqui e veja a proposta que analisamos neste post: https://site.pciconcursos.com.br/provas/19804495/ca64c0a20e10/prova_a01_tipo_001.pdf 

 

settingsVocê, que pretende prestar um concurso, deve estar atento, antes de qualquer coisa, ao edital, como já falamos aqui no blog. Saber como a prova vai funcionar, além de controlar a ansiedade, permite que possamos direcionar nossos conhecimentos de acordo com o que nos é proposto. Sendo assim, nessa prova do TRT, vemos, já pelo edital, que a redação é do gênero dissertativo-argumentativo, valendo 100 pontos, cabendo ao candidato atingir pontuação mínima de 50.

 

pasteAlém do gênero textual, outros critérios importantes também devem ser levados em consideração, como o limite de linhas (de 20 a 30), item cujo descumprimento resulta em perda de pontos. Vale a pena ficar atento! Além disso, várias circunstâncias podem anular a redação, como assinatura do candidato ou sinal que permita sua identificação, fuga ao gênero ou ao tema. Portanto, é necessário planejar o texto e revisá-lo, como temos insistido no blog, além de organizar o andamento da prova, reservando tempo suficiente para transcrever a redação na folha com letra legível, pois vale dizer que existem concursos que penalizam o candidato nesse critério.

 

ideaMas passemos a falar um pouco mais sobre a proposta de redação. O tema foi “O ideal de sociedade em contraposição ao respeito à diversidade”. Essa é uma discussão bastante atual, tanto ao se pensar em respeito à diversidade quanto na reflexão de um ideal de sociedade. Portanto, o candidato poderia recorrer a informações que compõem seu universo pessoal, de leitor, de cidadão, para compor sua argumentação. Após definir uma tese que relacione ideal de sociedade e respeito às diferenças, cada argumento deve, de maneira clara, mostrar ao leitor o ponto de vista, a argumentação, do candidato em relação ao assunto. Lembre-se, concurseiro, que a força argumentativa do texto depende da linguagem utilizada, além da boa escolha das informações apresentadas.

O que dizer sobre uma sociedade ideal? É possível que ela exista? E como ela se relacionaria com a questão da diversidade? São essas ideias que se completam? Essas questões, levantadas após a compreensão do tema, ajudam a nortear a discussão. Além delas, uma leitura atenta dos textos da coletânea pode indicar que a melhor saída para o candidato seria associar sociedade ideal e diversidade, garantindo que o “ideal” seja o “respeito às diferenças”. Isso fica claro quando lemos o texto I, que aborda a sociedade ideal da época de Platão, diretamente ligada à razão, ao pensamento e à reflexão. Quem trabalha as ideias, normalmente, é mais coerente e tolerante, não é mesmo? Quando passamos ao texto II, o ideal de beleza, representado pela figura de Helena, somente é atingido com a união das características de várias pessoas, confirmando as constatações derivadas da leitura do texto I. Desse modo, argumentar em favor da diversidade e da tolerância seria uma linha coerente de raciocínio.

 

cardsNo entanto, não se esqueça, concurseiro, de usar conceitos que demonstrem seu repertório sociocultural produtivo, seu domínio da temática abordada, indo além das informações encontradas na coletânea. Isso é o que transformará seu texto argumentativo em uma bem pontuada redação autoral. E então, vamos começar o planejamento? Fique atento.

 

Bons estudos e até a próxima!

Profª Aline

Shares