Olá, concurseiro!

Continuando a nossa série de análise de propostas, hoje iremos analisar a prova de redação do concurso para Delegado da polícia federal, realizado pela Cespe/UnB em 2004. Acesse a proposta por meio deste link: http://www.cespe.unb.br/concursos/DPF_2004_NAC/arquivos/CARGO_01_DELEG_AZUL.PDF

Essa proposta pede que o candidato redija uma dissertação sobre violência, relacionando os dois textos de apoio oferecidos na prova. Como você pode perceber, o tema geral “violência” é muito amplo, podendo ser abordado sob diferentes perspectivas: violência doméstica, violência de Estado, violência urbana, relação entre jogos de videogame e violência, bullying e violência, etc. Para restringir essa abordagem, a proposta oferece dois textos de apoio retirados de dois jornais bastante conceituados e pede que o candidato aborde este tema relacionando as ideias presentes nos dois textos, restringindo, assim, as possibilidades de abordagem. Dessa forma, o primeiro passo é destacar essas ideias:

 

Texto I: neste texto, a ideia central é de que, atualmente, damos mais valor à individualidade do que à relação com o outro (o próximo). Para o autor, os valores foram subvertidos, pois deixamos de valorizar as questões humanas e passamos a priorizar questões econômicas, e essa subversão de valores é um dos principais motivos da onda de violência que vivemos hoje. Perceba que este texto tem muitas questões implícitas, que o autor não desenvolve. Essas questões implícitas, além da ideia central do texto, podem te ajudar a guiar sua redação. Vejamos algumas possibilidades:

  1. Substituição da ética pelos cálculos econômicos: corrupção que pode gerar violência (da polícia, entre políticos, morte por dívidas, etc.).
  2. Enterro das utopias socialistas: significa o triunfo do capitalismo que tem como um dos seus princípios a competitividade. Esta provoca o individualismo (que se opõe à preocupação com o próximo) que, por sua vez, provoca as desigualdades sociais que podem levar à violência (vista como única forma de conseguir aquilo que não se pode comprar).
  3. Transformação de analfabetos em deliquentes: a falta de educação faz com que a pessoa tenha menos possibilidades de ter uma vida mais confortável financeiramente, o que pode, por sua vez, em alguns casos, levá-la ao mundo do crime, aumentando, assim, a violência.

 

Texto II: este texto tem como foco a questão do tráfico de drogas e, principalmente, o fortalecimento das quadrilhas do tráfico pelo fácil acesso a armas. O editorial afirma que vivemos hoje uma guerra e que o Estado precisa ter mais vontade política para enfrentá-la, o que não se observa atualmente. O próprio fato de os criminosos terem acesso fácil às armas mostra a falta de vontade política em resolver a questão.

Depois de destacar as ideias presentes nos dois textos, o segundo passo é observar as relações que você pode estabelecer entre elas e definir qual será o fio condutor do seu texto. É claro que você não precisa abordar todas elas, basta escolher duas ou três e relacioná-las de modo coerente em defesa de uma tese.

Uma possibilidade de abordagem seria discutir o aumento da violência urbana no Brasil, pensando nas suas motivações. Para isso, você poderia, por exemplo, traçar o seguinte projeto de texto:

Tese: a violência urbana está ligada à posse de armas e à substituição dos valores morais pelos valores econômicos.

Argumento 1: sociedade capitalista é individualista – valorização do dinheiro em detrimento das relações sociais – valorização de bens materiais/banalização da vida (aumento dos roubos) + corrupção da polícia e do Estado.

Argumento 2: a corrupção dos agentes que deveriam proteger a população permite que o crime se fortaleça – fácil acesso a armas – falta de combate ao tráfico de armas – o Estado não age como deveria.

Conclusão: Repensar os valores da sociedade atualmente – agir em prol da diminuição das desigualdades – combater a corrupção e o tráfico de armas – construir uma sociedade mais justa para acabar com a violência.

Esta é apenas uma possibilidade de se abordar este tema, mas você pode desenvolver outras. Tente fazer este exercício: faça diferentes projetos de texto estabelecendo relações distintas entre as ideias presentes nos dois textos, variando as ideias selecionadas. Com este exercício, você irá perceber como um mesmo tema pode ser abordado de diferentes maneiras e isso te deixará mais preparado para a prova, pois você terá desenvolvido duas habilidades importantíssimas para qualquer prova de redação: recortar e selecionar ideias. Agora é hora de colocar tudo isso em prática!

 

Bons estudos e até a próxima!

 

Prof. Danusa