Olá concurseiro!

Hoje, finalizando a nossa série sobre as provas de redação das principais bancas de concurso do país, vamos estudar a proposta da Vunesp, mais especificamente do concurso para soldado da polícia militar de São Paulo.

Antes de analisarmos a proposta, vamos observar as informações que o edital traz sobre o que se espera que o candidato faça na prova. Segundo o edital, a redação tem caráter eliminatório e classificatório, ou seja, não adianta você mandar muito bem nas questões objetivas se zerar na redação, pois, neste caso, você será eliminado do processo. O objetivo da prova de redação é avaliar se o candidato consegue se expressar, por meio da linguagem escrita, de modo claro, coeso e coerente.

Neste concurso especificamente, a redação valia de 0 a 100 pontos, sendo que o candidato deveria fazer no mínimo 50 pontos para não ser eliminado. O edital também apresenta os três aspectos que seriam avaliados: tema e seu desenvolvimento (avaliação de tema e gênero – se houvesse fuga do tema ou do gênero a redação seria anulada), estrutura (coesão e coerência) e expressão (domínio da norma padrão da língua e acervo lexical).

Sabendo o que a prova esperava do candidato, é hora de examinarmos a proposta: http://www.vunesp.com.br/pmes1201/305_001_SoldadoPM-2aClasse.pdf. O tema deste concurso foi “A presença da tecnologia na vida dos brasileiros”. Como já falamos aqui no blog, nada de olhar o enunciado motivador e sair escrevendo. Essa prova forneceu dois textos de apoio que podiam ajudar bastante o candidato, um com uma visão positiva da tecnologia e o outro com uma visão negativa:

Texto 1: a tecnologia traz conforto e, por isso, é objeto de desejo dos brasileiros.

Texto 2: a tecnologia provocou o aumento das horas de trabalho e, consequentemente, do stress.

Observe que se a prova traz aspectos antagônicos de uma questão, ela espera que o candidato seja capaz de estabelecer uma relação entre eles, construindo, assim, uma abordagem crítica. Uma das questões que você pode se colocar é sobre por que as pessoas desejam tanto um celular se ele aumentou o tempo de trabalho e o stress, sem aumentar o salário. Esta pode ser, por exemplo, a questão-problema do seu texto, aquilo que você irá discutir, dando, assim, um fio de desenvolvimento à sua redação.

Você deve ainda definir um posicionamento para dar direção ao seu texto, além de explorar dados e situações cotidianas para ilustrar seus argumentos, afinal, a proposta pede que se discuta uma situação cotidiana, um comportamento que tem sido observado na sociedade brasileira. Você pode, assim, enriquecer o texto com elementos do seu conhecimento de mundo.

Terminamos aqui a nossa série sintetizando os principais aspectos que abordamos:

Antes da prova:

Conheça a banca do concurso que você irá realizar;

Leia no edital o que a banca espera que o candidato faça na redação e qual é o peso dela;

Estude provas anteriores;

Faça exercícios de projeto de texto;

Pratique a redação, se possível, semanalmente.

Na hora da prova:

Leia a proposta com atenção;

Selecione os aspectos relevantes oferecidos pelos textos de apoio (se houver);

Defina um posicionamento e estruture o projeto de texto.

Esperamos que esta série tenha contribuído para o seu conhecimento sobre a prova de redação e que ela ajude você a estudar e ter sucesso no concurso.

Bons estudos e até a próxima!

Profa. Danusa