Olá, concurseiro!

Hoje vamos falar sobre as questões de português que podem colocar alguma dificuldade e confundi-lo na hora da prova. Vamos aproveitar para analisar questões de concursos que estão para acontecer para que você possa aprimorar sua preparação.

 

Leitura e interpretação de texto

Como temos mencionado aqui no blog, temos observado que os concursos, em geral, têm inserido alguns textos na prova e formulado algumas questões sobre esses textos. Essas questões envolvem a interpretação do texto, mas também aspectos lexicais e gramaticais.

 

Acesse a prova do concurso para agente de pesquisa e mapeamento, realizado pela Cesgranrio em 2014, no link: <http://www.cesgranrio.org.br/pdf/ibge0613/PROVA%20AGENTE%20DE%20PESQUISAS%20E%20MAPEAMENTO%20-%20GABARITO%201.pdf>. Leia o Texto I e as questões de 1 a 11.

 

ideaUm primeiro a ponto a ser observado é que apenas sobre um texto, no caso do nosso exemplo, são formuladas 11 questões. Ou seja, para que você possa marcar estes 11 pontos, você precisa ler atentamente o texto. Não cometa o equívoco de deixar o texto de lado e recorrer a ele apenas nos pontos mencionados pelas questões, pois você pode se prejudicar. É importante que você compreenda o sentido global do texto em uma primeira leitura e depois, ao resolver as questões, volte ao texto sempre que necessário, para respondê-las.

Esta já é uma primeira seleção da prova, que separa os candidatos que se dedicaram à leitura do texto e são leitores proficientes, daqueles que não leram o texto ou fizeram uma leitura rasa, superficial, dele. Percebemos, nesta prova, que há, para o primeiro texto, questões de interpretação, de gramática e de articulação textual. Então, não descuide da leitura!

Você deve ter um cuidado ainda maior nas provas em que você precisa marcar as questões como certas e erradas, como as da Fundação Cespe, em que os erros são contabilizados, assim como os acertos. Neste caso, é ainda mais importante ler o texto com atenção para não correr o risco de errar uma questão de bobeira.

 

Questões de gramáticabrick

O fato de as provas estarem priorizando a interpretação e a análise do funcionamento da língua não significa que você deva descuidar do estudo da gramática, pois esta ainda é cobrada pelas provas, ainda que não sejam mais solicitadas aos candidatos as difíceis classificações gramaticais e é aí que está a dificuldade. O ensino de gramática foi tradicionalmente baseado na famosa “decoreba”, afinal, a gramática nada mais é do que um conjunto de regras, certo? Errado! Ela é um conjunto de regras sim, mas a importância dessas regras é que elas nos mostram como a língua funciona no uso diário. Ou seja, você não precisa mais decorar as classificações gramaticais, mas precisa fazer um trabalho um pouco mais difícil: entender o funcionamento dos diversos elementos gramaticais em um texto. Veja o exemplo a seguir, retirado da prova do Tribunal de Contas do Ceará de 2015 (https://documents.qconcursos.com/prova/arquivo_prova/43249/fcc-2015-tce-ce-analista-de-controle-externo-auditoria-de-tecnologia-da-informacao-prova.pdf):

 

  1. Está plenamente adequado o emprego de ambos os elementos sublinhados na seguinte frase:

(A) A perspectiva ética aonde Coutinho manifesta todo o respeito pela pessoa que retrata é uma das características nas quais seus filmes se distinguem.

(B) O paternalismo e o sentimentalismo, posições das quais muitos se agarram para tratar o outro, não são atitudes por onde Coutinho tenha mostrado qualquer inclinação.

(C) As expressões coletivistas, com cujas Coutinho jamais se entusiasmou, são chavões em que se deixam impressionar as pessoas de julgamento mais apressado.

(D) As pessoas por quem Coutinho se interessasse eram retratadas de modo a ter destacados os atributos pelos quais ele se deixara atrair. (alternativa correta)

(E) Os paradigmas já mecanizados, nos quais muitos se deixam nortear, não mereciam de Coutinho nenhum crédito, pois só lhe importava a singularidade de cuja as pessoas são portadoras.

 

detectiveVeja que, nesta questão, você não precisa conhecer a classificação gramatical dos termos destacados, mas precisa conhecer regência verbal e nominal, assim como o uso dos pronomes relativos.

Portanto, lembre-se: para passar pelas questões de português que são perigosas na prova, leia os textos com atenção, procure fazer um trabalho de interpretação de texto, volte sempre a ele a partir das questões que são feitas e procure sempre fazer um trabalho de análise textual, seja para resolver aspectos gramaticais ou lexicais. Fazendo isso, você certamente terá um bom desempenho na prova. Não subestime os textos fornecidos, pois eles podem ser um importante aliado.

 

Bons estudos e até a próxima!

Profa. Danusa

 

Agora você está mais preparado para as questões de português do seu concurso, mas e quanto à prova de redação, você está preparado? E se você pudesse realmente dominar a redação do seu concurso e conquistar a sua vaga o mais rápido possível?

Clique aqui para saber mais