Olá, concurseiro!

 

Você já deve ter observado que sempre insisto bastante na necessidade de se praticar a escrita durante a preparação para a prova de redação. Porém, de nada adianta praticar bastante se você não tiver um feedback da sua prática, ou seja, se o seu texto não for avaliado por um professor, capaz de identificar os seus problemas de escrita e indicar caminhos para melhorá-la.

É importante que seu trabalho de preparação para a redação seja um processo reflexivo, de vai e vem, pois só assim você conseguirá desenvolver suas habilidades de escrita e escrever uma boa redação na prova. Daí a importância de se ter um professor neste processo, pois é ele que irá verificar que pontos você precisa melhorar na redação.

Por exemplo, vamos supor que um aluno tenha um bom conhecimento de gramática e escreva corretamente as palavras, mas que não consiga estabelecer conexão entre os parágrafos e entre as frases, tornando o texto similar a uma lista de comentários. Ele pode se surpreender ao tirar uma nota baixa na redação, já que tem uma boa modalidade, o que pode dar uma falsa sensação de que ele não tem problemas de escrita. Porém, se ele tivesse submetido seus textos a um professor, este poderia ter identificado o problema e indicado como resolvê-lo, no caso, recomendando a utilização dos recursos coesivos.

Outra situação possível é que o aluno consiga estabelecer a conexão entre as ideias e a modalidade seja boa, mas os argumentos são muito fracos, baseados no senso comum, o que também irá prejudicar a sua nota. Neste caso, o professor indicaria a necessidade de o aluno ampliar seu conhecimento de mundo ― lendo jornais e revistas, assistindo a reportagens e debates ―, além de ensinar que é preciso utilizar certas técnicas argumentativas para que a tese seja bem sustentada, tais como o uso de exemplos e de dados capazes de comprovar os argumentos.

Neste processo, é importante que o aluno esteja aberto ao erro e à sua correção, que não comece os seus estudos achando que escreve muito bem e que não tem nada a aprender, pois sempre temos algo a aprender. Por isso, é fundamental que você esteja aberto ao que o professor tem a dizer sobre seu texto pois a intenção dele é unicamente ajudá-lo a progredir na escrita, e não o criticar deliberadamente.

Assim, ao receber um texto corrigido, reflita sobre os problemas apontados pelo professor. Se discordar de algo ou não entender o que foi apontado, converse com ele, peça que ele dê exemplos de como deveria ser feito, pois assim você poderá refletir sobre estes problemas e irá aprender como pode melhorá-los.

Errar na preparação da redação é fundamental para avançar no aprendizado, pois assim conseguimos comparar o que não deve ser feito com o que deve ser feito, percebendo, a partir dessas diferenças, como o texto pode ficar melhor e corresponder ao que é pedido pela prova.

Veja o erro como um meio de dar um passo à frente, pois é ele que nos empurra em direção à melhora e ao aprendizado.

 

Bons estudos e até a próxima!

Profa. Danusa