Saber estruturar as ideias em uma prova discursiva em concurso público é fundamental para quem quer ser aprovado. São frequentes, inclusive, os casos de concurseiros que foram reprovados por irem mal nesse tipo de prova¹. Isso acontece devido à tendência crescente da redação ser de caráter eliminatório nos mais diversos concursos públicos.

E, atualmente, os principais e mais concorridos concursos públicos do país contam com a prova discursiva, ou seja, a redação. Nos processos seletivos, o tipo textual mais cobrado é a dissertação, de caráter argumentativo ou expositivo. Porém, recentemente também começaram a aparecer estudos de caso dissertativos.

Mas, afinal, porque a redação é tão importante nos concursos públicos? Por que é necessário que você saiba fazer uma boa redação para ser aprovado? Isso e muitas outras informações você confere nesse artigo. Boa leitura!

Por que é preciso se preocupar com a prova discursiva em Concurso Público?

 

A prova discursiva em concurso público é um dos testes que mais têm peso na hora da aprovação. Isso acontece porque é através da dissertação que o candidato pode manifestar suas ideias nas mais diversas áreas do conhecimento humano.

Todas as ideias que já apareceram, que estão aparecendo ou que ainda vão aparecer, são ou serão expressas por meio dos textos dissertativos. E isso não vale apenas para os textos escritos. As dissertações orais também contam.

E na hora da prova discursiva de concurso público, não é apenas a simples posse do conhecimento que é avaliada. O candidato é avaliado pelo seu nível de preocupação ética e sensibilidade social.

Além disso, a sua iniciativa, a prontidão no seu raciocínio e a capacidade de utilizar a razão para oferecer respostas a situações novas também são avaliadas. Obviamente, as bancas examinadoras não esperam que a pessoa que deseja a vaga resolva todos os problemas do mundo.

Basta apenas que o assunto seja discutido, agregando ideias durante a discussão, sem ser necessário solucionar aquilo que não tem resposta.

Porém, o que muitas pessoas pensam é que dá para escrever “qualquer coisa” na hora da prova e assim, conseguir uma boa nota. Mas não é bem assim que as coisas funcionam.

De nada adianta você estudar para as provas objetivas e tirar uma excelente nota, se você não se preparou para a redação. Sua nota final vai cair e você terá altas chances de ser reprovado, isso se a prova não for de caráter eliminatório. Por isso, é fundamental que você se dedique também para a prova discursiva.

Como produzir boas ideias?

 

Muitos candidatos acabam tendo muita dificuldade para produzir boas ideias na hora de escrever a redação para a prova de um concurso público. E isso acontece mesmo quando o tema é fácil de ser debatido.

O que costumam dizer é que na hora da prova “dá um branco”. Isso acontece porque, muitos desses candidatos, possuem medo de escrever algo “bobo” e ser julgado pela banca examinadora.

Por conta disso, muitos acabam desistindo de participar do concurso público só por saber que terá uma prova discursiva. Outros se inscrevem, mas na hora da prova acabam não realizando a redação.

Existem até os que acreditam que nunca conseguirão escrever um texto digno de aprovação em um concurso público. Com isso, se acomodam a essa ideia que foi gerada por eles mesmo. Então, como solucionar esse problema?

 

Tenha em mente que as ideias não surgem do nada

As ideias são fruto da experiência, convivência e do senso de observação que cercam você durante o seu dia. Por isso, se faz necessário que você leia bastante. Mas não é apenas isso. Conviver com pessoas e situações proveitosas é fundamental para adquirir experiência e fazer com que as ideias apareçam.

 

Pratique o hábito da leitura

Leia livros, jornais e revistas. Mas não leia apenas por ler. Leia de forma aprofundada, procurando decodificar o texto. Assim, você passará a assimilar bem as ideias e, como consequência, se sairá bem na hora da prova.

O que eu preciso ler para escrever uma boa redação e não correr o risco de ser reprovado no concurso público?

 

Como falei anteriormente, você deve ler livros, jornais e revistas. Mas, obviamente, não é qualquer livro ou qualquer texto que tenha no jornal ou na revista.

Quando você for ler revistas, tenha atenção aos artigos, ensaios e entrevistas. Normalmente, nas revistas, esses textos ficam mais bem estruturados do que nos jornais. Quando estiver lendo, preste atenção não apenas na ideia expressa, mas também como elas estão sendo exteriorizadas.

Quando estiver lendo jornais, prefira os artigos, editoriais e ensaios. Eles vão ativar o seu raciocínio e também serão úteis para assimilar e produzir novas ideias. Com relação aos livros, prefira os ensaios, especialmente aqueles que abordam temas como economia, sociedade, história e política.

É fundamental que você estimule a sua capacidade de reflexão, assim como também o seu nível de conscientização e informação.

Quando estiver procurando esses textos, prefira temas que estão ligados ao universo textual do concurso público que você pretende fazer e organize esses temas por assunto. Dessa forma, ficará mais fácil quando você precisar consultá-los.

Interpretar os textos de provas de concursos anteriores também é uma boa ideia. Seguindo essas dicas e treinando bastante sua escrita, você conseguirá cada vez mais, com as suas redações, convencer os corretores, chegando ao objetivo que você tanto deseja: a aprovação.

Como escrever um bom texto?

 

É importante que a redação tenha uma estrutura em harmonia para que o texto seja considerado bom. Quando todas as partes (introdução, desenvolvimento e conclusão) se correlacionam, a leitura se torna agradável e fica mais fácil assimilar as ideias.

Para que isso aconteça, o candidato precisa ter criatividade na hora de expor suas ideias. Também é necessário ter uma escrita leve, que manifeste de forma clara o seu pensamento, assim como uma boa gramática.

Em resumo, tudo precisa ser substancial e consistente, sem deixar de lado a objetividade. Não é preciso que você faça um texto muito longo e nem que use palavras difíceis. Você só precisa colocar no papel as suas ideias de uma forma clara, onde tudo é adequado e relevante perante o tema proposto.

Também é preciso que você tome cuidado para não fugir do tema da redação. Muitos candidatos sabem escrever bem, mas não procuram ler o enunciado do tema proposto com calma, para entendê-lo.

Por isso, se faz necessário que o candidato leia o tema com calma, para que ele consiga descobrir exatamente o que a banca espera dele. Apenas depois disso que você deve começar a sua redação.

Mas, fora isso tudo, há algo que é ainda mais necessário e que muitos candidatos não fazem: é essencial ter tempo para praticar. Se você menosprezar a redação e focar apenas nas outras matérias, você corre um grande risco de ser reprovado.

Portanto, pratique, pratique e pratique! Você só conseguirá fazer um bom texto com uma prática constante.

Dicas para começar a praticar a escrita da redação

 

Muitos candidatos acreditam que conseguirão se sair bem na redação apenas ouvindo o professor falar sobre a matéria, com dicas e truques quase que milagrosos. Mas assim como você estuda as outras disciplinas, a redação também precisa ser estudada com disciplina e consistência.

Para começar a praticar, você pode seguir as dicas que preparamos abaixo.

  • Formule uma questão sobre o tema em torno do qual a sua redação vai girar;
  • Separe as ideias que você irá abordar no início e no fim do texto;
  • Relacione essas ideias uma abaixo da outra. Dessa forma, você pode mudar algumas de lugar, tendo uma ideia geral de como ficará a sua redação;
  • Elenque argumentos, causas e consequências;
  • Elabore soluções para o problema, quando necessário ou solicitado pela banca;
  • Construa sua redação em cima dessas ideias. Não se esqueça da norma culta, coerência, coesão e concisão.

Não menospreze a prova discursiva em concursos públicos. Se você deseja mesmo ser aprovado em um concurso, cada vez mais é fundamental que você tenha o hábito de praticar a escrita. Lembre-se: a redação pode eliminar você e dar a vaga a outro candidato que talvez nem tenha ido tão bem quanto você em outras disciplinas, mas que se preparou bem pra redação e conseguiu alavancar a nota com isso. E depois de meses de dedicação, o que você mais quer é ser aprovado. Por isso, não deixe de estudar!

1 – https://anajus.jusbrasil.com.br/noticias/2424680/concurso-do-mpu-reprova-70-dos-que-tiveram-a-redacao-analisada

E se você pudesse realmente dominar a Redação nos Concursos e conquistar a sua vaga o mais rápido possível?

Existe um método simples e eficaz que fez com que concurseiros de todo o Brasil aumentassem a nota da redação em 60% e alavancassem o desempenho nos Concursos Públicos.