Texto 1

A raiz branca não indica desgaste.
É, antes, prova de um tempo despojado.
A melanina saída dos meus cabelos era o tom
Previsto para colorir a minha vida.
Meu corpo é o lugar das minhas marcas.
As mudanças desta carne têm um lar:
a chamada alma
Este é o território do poder e da força natureza.
Aqui é a cidade do momento alado.
O reino de Chronos, da existência finita.
O paraíso de minha beleza interior.
Esta, que tem vincos. Que se revela em
manchas, sulcos, dobras, cicatrizes.
Nesta ausência de cor que me coroa.
Nesta policromia que me rodeia, que me veste.
Que me alimenta.

(Fonte: Carolina Assunção e Alves. In: https://medium.com/g-old/envelhecer-%C3%A9-viver-d1a92f93899d. Acesso em 28 mar de 2018)

 

Texto 2

É imprescindível reconhecer que o envelhecimento não é igual para todos, e as diferenças existentes se referem a fatores como condições de vida, acesso aos bens e serviços, cobertura da rede de proteção e as condições de atendimento social. Portanto, a longevidade, com qualidade de vida, apresenta-se como um fenômeno desafiador.

(…)

Admitir a heterogeneidade como característica do processo de envelhecimento é relevar a importância das diferentes formas de ser que marcam diversos momentos da trajetória de vida das pessoas, incluindo a velhice.

(Disponível em https://www.portaldoenvelhecimento.com.br/os-desafios-do-envelhecimento-com-qualidade-de-vida/. Acesso em 09 abr de 2018)

A população brasileira, conforme nos apontam diversas pesquisas, está ficando cada ano mais velha e, justamente, por isso precisamos pensar no processo de envelhecimento, considerando sempre os sujeitos que estão em meio a esse processo. Com base nos textos acima e no seu conhecimento de mundo, escreva um texto dissertativo-argumentativo sobre o seguinte tema:

Os processos de envelhecimento do sujeito

Clique abaixo para enviar sua redação para correção profissional!