Oi, pessoal!

Convidamos mais uma vez a Letícia Nobre, do SOS Concurseiro, para falar com vocês através de nosso blog! Ela escreveu um texto muito bom sobre a responsabilidade da sua aprovação nos concursos públicos. Você vai adorar! A Letícia é especialista em coaching e orientação para concursos, uma expert no assunto e, por isso, está é uma grande chance de você aprender a se esforçar nos estudos e não sofrer nem um pouco! 🙂

 

Aqui vai o texto da Letícia:

 

Estou fazendo uma pesquisa com pessoas interessadas em participar dos meus programas de coaching e orientação para concursos. E, para minha surpresa, muitos respondem “apoio” quando perguntados sobre o que lhes faltou para serem aprovados na última seleção que fizeram. Um detalhe é ainda mais relevante: a resposta era livre. Ninguém foi induzido por alternativas ou opções.

Fiquei preocupada com a quantidade de pessoas que estão condicionando sua dedicação a um desafio tão grande quanto o de ser bem-sucedido em uma prova a um cargo público à aceitação e ao amor de outros. Não é que quem está a sua volta não seja importante, não tenham valor em todo o processo, em especial, após sua vitória, mas essa expectativa por apoio está minando o seu futuro, o seu sucesso.

É da natureza humana a necessidade de aprovação, pertencimento, conexão e sentir-se amado. Há centenas de pesquisas sobre isso. A grande questão aqui é o peso dado à necessidade e desse peso estar sob suas costas e não abaixo dos seus pés. Quem tem a expectativa frustrada se sente menos e culpado. Você está se sentindo assim?

O “apoio moral” é, para alguns, um combustível necessário para se manter motivados e seguir no caminho definido. Sem esse suporte, a sensação é de se estar sozinho, abandonado, indo contra a corrente. Dentro do contexto dos concursos públicos, ter esses sentimentos reforçados constantemente colocam uma pá de cal na força de vontade.

As demonstrações de apoio garantem uma força a mais, um “tamo junto”, um “conte comigo” vindo daqueles que amamos: pais, marido/esposa, namorado/namorada, amigos, filhos… eu não tiro a sua razão por desejar apoio, só não concordo com você esperar apoio e se ofender por não o ter como gostaria.

Se o apoio é o que está esperando para dar o seu melhor e conquistar sua aprovação, simplesmente PARE! Pare de terceirizar sua aprovação. Ninguém tem obrigação de lhe apoiar! Cabe a você criar todo o ambiente interno de apoio e suporte necessário controlando suas emoções e sua mentalidade. E eu lhe garanto: é muito mais fácil do que parece.

Vamos racionalizar um pouco no contexto: de quem é a responsabilidade de tirar uma boa nota na prova? De quem é a responsabilidade de acordar cedo ou ir dormir mais tarde para estudar? Quem tem que saber gerir o tempo, fazer e por em prática bons planejamentos? Se encontrou outra resposta além de “minha” ou “eu”, me mande um e-mail agora contando a novidade! Porque só tem um só responsável por tudo isso: VOCÊ!

E não se sentir confortável com a maneira com que lhe tratam é só mais um capítulo da história. Lembre-se que tudo isso vai ser passado no dia que seu nome estiver na lista de aprovados e será ainda mais distante quando for empossado e começar a trabalhar. Brotará, como mágica, um enorme orgulho em todos a sua volta. Só que não é nisso que deve se criar alicerce para suas conquistas diárias.

Sinta orgulho de si mesmo hoje! Quantos à sua volta tem a mesma coragem que você de abrir mão de tantas coisas e investir tanto por um sonho ou pela etapa que dará abertura para seus sonhos? Você já é um vitorioso e essa condição se renova todos os dias que você cumpre suas metas de estudo, avançando nos estudos, acertando mais e mais questões e se tornando competitivo nessa selva de concorrência.

Quero acreditar que o cargo que tanto deseja foi definido por escolha própria e não para agradar fulano ou ciclano. Até porque, quem vai mesmo lá todos os dias trabalhar depois da posse? E para lhe deixar animado: na conta de quem será creditado o salário?

Pois bem. Você é o protagonista, aja de acordo com seu papel. Tome posse das suas responsabilidades e, quando passar mais uma dúvida por sua mente, mais uma pontada de dor em função da expectativa frustrada de um apoio, vá até o espelho mais próximo e veja quem controla sua vida.

 

Bons estudos e conte comigo.
Letícia Nobre

 

Quer um programa completo para a sua preparação nos concursos? Clique aqui e saiba mais!

 

Letícia Nobre é coach especializada em concursos. Está no mercado de concursos há mais de 7 anos e é editora-chefe do SOS Concurseiro, site de notícias, coaching e orientação para concursos públicos.
Contato: [email protected]