O concurso público para a vaga de Auditor Fiscal da Receita Federal é bastante concorrido. A grande procura é justificada pela boa remuneração do cargo (com salário inicial de R$ 14.965,44, de acordo com o último edital publicado em março de 2014 – http://www.esaf.fazenda.gov.br/concursos_publicos/em-andamento-1/auditor-fiscal-da-receita-federal-do-brasil-afrfb). A taxa de inscrição é R$130,00 e as provas ocorrem em diversas cidades pelo Brasil, uma grande vantagem para os concurseiros. No post de hoje, vamos explorar os aspetos principais do edital e as características das provas de português e discursiva.

Durante vários anos, preparei candidatos para este concurso e posso começar dizendo que a prova requer muita dedicação. O número de disciplinas é grande e há muito conteúdo para ser estudado.

 

tabela1

  

No tocante à prova de português, pede-se que o concurseiro domine: compreensão textual, ortografia, semântica, morfologia, sintaxe e pontuação. A prova possui um caráter mais conservador em relação a provas de outros concursos. As questões de língua e gramática não são contextualizadas ou relacionadas a um texto e há várias pegadinhas. Portanto, atenção! O objetivo dos examinadores é saber se o concurseiro conhece a variedade culta do português. Estude muita gramática e invista na resolução das provas anteriores, assim, você conhece o estilo das questões e identifica os tipos de armadilha podem eliminar o candidato mais desatento.

A prova de redação é outra parte importante do concurso, valendo 100 pontos, e possui caráter eliminatório. O texto deve ser argumentativo-dissertativo, com o uso do português formal. A preparação para a prova de redação é crucial (não deixe de ler os posts sobre redação que já fizemos). Veja os pontos que serão examinados, de acordo com o edital:

 

tabela2

 

A escrita é crucial para o exame, não somente por conta da prova de redação, mas também para a resolução da prova discursiva. Cada questão exige as mesmas habilidades de uma redação. Além de o candidato demonstrar conhecimento em uma determinada área, deverá também apresentar uma escrita formal do português e uma boa argumentação. Veja como ocorre a avaliação da prova discursiva abaixo:

 

tabela3

 

Agora que você conhece um pouco mais sobre este concurso, organize a sua agenda de estudos, veja as provas anteriores e comece a estudar. Lembre-se que a redação, o uso do português culto e a habilidade escrita equivalem a mais da metade do seu sucesso no exame. Bons estudos e boa sorte!

 

Professora Flávia