Olá, concurseiro!

globeHoje vamos falar um pouco sobre a prova de português nos concursos públicos. Como você bem sabe, as bancas que organizam os concursos têm estilos diferentes, e, por isso, as provas podem variar um pouco quanto à estrutura e quanto à forma de cobrar o conteúdo, como já mostramos aqui no blog. Porém, há certos aspectos sobre as provas de português que são mais ou menos similares, mesmo em bancas diferentes. São estes aspectos que abordaremos aqui.

 

Conteúdo: o que cai?

brickO interesse da prova de português nos concursos é saber se o candidato domina a norma culta da língua, logo, é cobrado o conhecimento da gramática normativa. Entre os conteúdos, espera-se que o candidato saiba: pontuação, acentuação, ortografia, formação de palavras, classes de palavras, funções sintáticas, regência (nominal e verbal), concordância (nominal e verbal), figuras de linguagem e tipos de discurso (direto, indireto, indireto livre). Podem ser cobrados também conhecimentos sobre aspectos textuais, como gêneros textuais, relações de sentido (sinonímia, antonímia), aspectos lexicais, etc., além de interpretação de texto.

 Baixe gratuitamente o guia rápido em PDF preparado por nossos especialistas: “3 coisas que você (ainda) não faz para passar no Concurso dos seus sonhos”!

  • Aprenda a gerenciar o seu tempo para estudar com eficiência e passar no concurso
  • Veja a estratégia de 7 passos para estudar para os melhores resultados
  • Saiba o que você deve fazer no dia da prova

Clique aqui para baixar nosso guia gratuito em PDF! 

 

Como isso é cobrado?

true_falseAtualmente, as provas não fazem mais perguntas diretas, ou seja, não são feitas mais questões do tipo: “encontre o objeto direto na oração X.” ou “a que classe de palavras a palavra Y pertence?”. O que as provas têm feito é fornecer um texto-base para algumas questões e fazer perguntas de gramática a partir deles. Assim, mesmo que você não lembre sobre o ponto gramatical perguntado acerca de determinada estrutura, tem a chance de voltar ao texto e entender como ela está funcionando. Esta é a palavra-chave da prova de português nos concursos: funcionamento. Muitas questões pedem apenas que o candidato identifique a alternativa que tem um funcionamento similar ao do enunciado-base que aparece na questão.

 

Então, como estudar para a prova de português?

ideaÉ importante que você estude os pontos de gramática, mas não se preocupe em decorar regras! Você pode ler a teoria para tentar compreender o fenômeno gramatical, mas não fique só nela. Faça exercícios e principalmente observe como a gramática funciona no texto. Uma boa dica é selecionar alguns textos que podem ajudá-lo a construir um repertório de conhecimento e utilizá-los para perceber as estruturas gramaticais em funcionamento. Dessa forma, você se prepara para a prova de redação (se houver), melhora a leitura, aprende a norma culta de um jeito mais fácil e eficiente, e compreende o funcionamento dos elementos linguísticos no texto.

 

Fique ligado que escreveremos ainda outros posts sobre o português no concurso público, ora falando de aspectos mais gerais, ora focando em algum estilo de prova.

Bons estudos e até a próxima!

Profa. Danusa

 Nossos especialistas prepararam um guia rápido em PDF para que você fique mais perto da aprovação! Baixe gratuitamente nosso guia em PDF: “3 coisas que você (ainda) não faz para passar no concurso dos seus sonhos”!

Clique aqui para baixar!